Categoria: Petiscos

Categoria onde reunimos as receitas para preparação de fantásticos Petiscos

Omelete na Tortilha

Por Carla Rocha

Esta Omelete na Tortilha saiu num almoço rápido de dia de semana. A Joana não estava em casa, pelo que pude dar asas à minha criatividade e ir ao sabor do que me apetecia. Cogumelos e espinafres são uma das minhas combinações preferidas, pelo que saiu uma omelete de cogumelos e espinafres que foi depois enrolada em tortilhas, dando-lhe um aspeto de torta. O vídeo de como a fiz, podem vê-lo no instagram.

Tapa de Figos com Presunto e Queijo Creme

Por Carla Rocha

Há combinações que resultam e esta Tapa de Figos com Presunto e Queijo Creme é uma vencedora. Muito fácil e rápida de preparar, serve tanto para uma refeição leve, como de uma excelente entrada. Para atingir a excelência há pequenos detalhes que fazem a diferença. O pão deve ser regado com um fio de azeite e torrado nos dois lados, sobre um grelhador de fogão e depois arrefecido. Assim terá um pão crocante, que depois irá barrar com o seu queijo de eleição. Pode ser de cabra, camembert, brie, ou como eu usei, um queijo creme. O presunto e dos figos, devem ser de boa qualidade, sendo que os figos devem estar firmes. Para terminar, o creme de vinagre balsâmico dá-lhe aquele travo agridoce que deixa qualquer a ansiar pela próxima sentada. É isto mesmo, foi como eu fiquei!

Biqueirões Albardados

Por Carla Rocha

Sabem aqueles pratos que sempre existiram em casa dos pais e que na altura não gostávamos, mas que quando fomos viver sozinhos e para longe deixámos de ter acesso, pelo que se tornaram alvo de desejo absurdo? pois bem, estes Biqueirões Albardados, estão na minha lista de pratos de desejo! É um prato típico de Olhão e a maior dificuldade está no arranjar do peixe e foi isto que aprendi desta vez. A minha mãe esteve a ensinar-me a tirar a espinha ao dito para que a partir de agora, os possa preparar em casa. Estes Biqueirões Albardados, são uns simples filetes, temperados com sal, limão, alho e pimenta branca que depois de estarem pelo menos 24 horas a marinar, são passados pela farinha e pelo ovo. Aqui em casa, não o fazemos, mas pode-se juntar ao ovo, cebola e salsa picada. Estes Biqueirões Albardados tanto servem como componente de um prato principal, acompanhado por um arroz malandro de tomate, como de entrada ou petisco. Aqui em casa gostamos de os comer frios, no pão!

Camarões Grelhados e Flamejados

Por Carla Rocha

Para quem gosta de camarões e quer fugir aos típicos camarões cozidos, esta é uma excelente receita de Camarões Grelhados e Flamejados, que é feita no forno. Depois de grelhados, são flamejados com whisky, o que lhes confere um sabor divinal! Os camarões a usar, devem ser grandes, de calibre 20/30. O calibre define o número de peças por quilo de produto, assim um camarão de calibre 20/30 quer dizer que por cada quilo desse camarão, virão entre 20 a 30 unidades. Reserve uma fatias de pão para sim, pois não sei se vai conseguir resistir ao magnifico molho que se forma!

Pica Pau com Molho de Francesinha

Por Carla Rocha

Normalmente o pica pau faço-o depois de ter feito francesinha e com alguns dos ingredientes que sobram, como as carnes e até o pão. Claro que tendo molho, se pode fazer quando se quiser, pois sabe sempre bem. Aqui em casa, servimo-lo como o gostamos de comer, com pão torrado. Aprendemos no Café Turista que é um café que serve este tipo de snacks aqui na Maia e a que gostamos muito de ir.

Bolo Salgado com Sabor Italiano

Por Carla Rocha

Aqui em casa, esta é uma receita obrigatória nos picnics de família. É fácil, rápida e prática de comer. Uma receita bem versátil de bolo salgado, onde se podem variar os sabores e a forma como se coze. A base da receita são a farinha e os líquidos (ovos, leite e azeite), sendo depois possível adicionar ingredientes, conforme o que se gosta, ou até conforme o que se tem em casa. Milho, queijo de várias qualidades, enchidos, legumes, carnes fumadas, etc., o que mais gostar. Pode também ser enriquecido com ervas aromáticas, como por exemplo, orégãos, manjericão ou tomilho. Aqui foi feito em forma de bolo inglês, mas fica igualmente bem feito em formas de queques ou mesmo num tabuleiro para depois cortar em quadrados.

Ovos Rotos com Cogumelos

Por Carla Rocha

Sem dúvida que os ovos rotos são um dos Fast Foods feitos em casa que mais nos agrada. Neste que aqui agora vos apresento, dei-lhes um complemento que os tornou ainda mais saborosos, cogumelos. Mesmo com esta adição, são uma refeição rápida e fácil, ao alcance de todos. Deslizem até mais abaixo para verem a delícia que isto é… experimentem e depois contem-me se gostaram!

Wraps de Salmão Fumado

Por Carla Rocha

Confesso que me tornei fã de salmão fumado. Creio que é uma boa opção para saladas e para este tipo de wraps ou em sandes, que podem servir de refeição ou de entrada. Hoje, estes Wraps serviram de jantar, juntamente com uma sopa. Um daqueles jantares em que não me apetece cozinhar, mas em que tenho que fazer algo, então que seja algo rápido e fácil! Quatro ingredientes ‘et voilá’ jantar feito 😊. Experimentem que vão gostar!

Polvo Estufado com Cerveja

Por Carla Rocha

Não há melhor polvo que o do meu pai, apanhado e cozinhado por ele. Eu apenas tento reproduzir o cozinhado, embora também já tenha apanhado alguns 😊! Ele acrescenta uma coisinha aqui, outra ali e eu tenho que estar atenta se quero apanhar as suas receitas. O certo é que fica sempre delicioso. Aqui entra também a qualidade do polvo, que é polvo da ria formosa, de calibre pequeno. Claro que está que podem fazer com qualquer tipo de polvo, mas tentem fazê-lo sempre com polvos de tamanho mais pequeno.

Bifanas à Moda do Porto

Por Carla Rocha

Aprendi a gostar de Bifanas à Moda do Porto pouco tempo depois de ter vindo morar para cá! São muito diferentes do que até então eu conhecia como bifanas! A carne é laminada e o sabor é picante até mais não! Em casa eu coloco picante ao nosso gosto, há quem goste mais ou menos, por isso faço sempre para agradar a todos. Em Olhão já as fiz muitas vezes, embora não com carne laminada, mas quando faço, peço sempre no talho para me cortarem a carne o mais fino possível e ficam muito boas, vale a pena experimentar. Normalmente comem-se em sandes ou no prato, acompanhadas sempre por batatas fritas.