Categoria: Prato Principal

Categoria onde reunimos as receitas para preparação da nossa oferta de Pratos Principais

Xarém com Amêijoas e Camarões

Por Carla Rocha

O Xarém é um prato típico de Olhão e por norma é comido sempre com bivalves da Ria Formosa. Os mais conhecidos são o Xarém de Conquilhas e o Xarém de Amêijoas. O que aqui apresentamos hoje, é feito segundo o método tradicional, sem adição de qualquer produto que lhe confira sabor (ex. caldos), apenas adicionámos uns camarões cozidos que tínhamos em casa. Quem quiser ver todo o método de preparação, pode fazê-lo no Instagram onde preparámos uma storie dedicado ao Xarém.

Massa de Camarão ao Alhinho

Por Carla Rocha

Esta massa começou por ser feita quando fazia Camarão ao Alhinho, para aproveitar camarões que sobravam quando os comprávamos para petiscar. Agora passou a ser um dos pratos de massa que mais gostamos, por isso o camarão já é comprado de propósito! O sabor é bem apurado e delicioso.

Ovos Rotos

Por Carla Rocha

Esta receita é o que se pode chamar de comida de desconsolo, a mim sabe-me bem nos dias em que venho mais aborrecida e só me apetece comer junk food! Ovos estrelados, batatas fritas e presunto, o que mais posso pedir. Podemos atalhar e usar batatas congeladas, faço-o também, mas desta fez, usei batatas frescas, não as descasquei, porque gosto de batatas com casca e cortei-as num utensílio que tenho próprio para cortar batatas em palitos. É uma receita típica do país vizinho, Espanha. Já há várias casas de tapas que a disponibilizam no menu.

Chili com Carne

Por Carla Rocha

Esta receita vi-a há bastante temp num episódio do Ingrediente Secreto do Chef Henrique Sá Pessoa e adaptei-a ao gosto aqui de casa. O uso dos coentros, pode parecer estranho, mas cá em casa reúne consenso e dá um sabor delicioso ao chili. Na cozinha mexicana, os coentros são muito utilizados. Gosto de abusar um pouco nos temperos e fazer o chili bem puxadinho! Usando feijão enlatado, pode-se dizer que é uma refeição rápida, uma vez que se salta a etapa de cozer o feijão.

Pataniscas de Bacalhau

Por Carla Rocha

Aqui em casa todos gostamos de pataniscas de bacalhau ou larocas como também são chamadas. A receita que faço é um pouco diferente, pois gostamos delas mais fofinhas, uma mistura entre a patanisca e os sonhos. A Joana pede sempre que sejam pequeninas, por isso como podem ver na foto, assim o são! São versáteis, pois tanto as comemos como elemento principal da refeição, acompanhadas de um delicioso Arroz de Feijão, ou como entrada, antes da refeição.

Pregado Assado no Forno

Por Carla Rocha

Confesso que foi a primeira vez que fiz este peixe em casa, mas também posso dizer que não será a última. Gostei bastante do sabor com que o peixe ficou. Para acompanhar fiz salada de batata e salada simples de tomate. O tipo de refeição de gosto de comer nos almoços de Sábado. O passo a passo da confeção da receita pode vê-la clicando aqui.

Um Género de Salada César

Por Carla Rocha

Não posso dizer que esta receita é a da típica salada césar, porque não o é! Comecei com uma base de salada césar, mas depois adicionei ingredientes que gosto do colocar nas saladas, o resultado não desiludiu. O molho também ele não é o típico molho césar, uma vez que não leva anchovas. Apesar destas variações, não dixe de experimentar e, muito importante, ajuste-a ao seu gosto!

Lombos de Salmão Grelhados

Por Carla Rocha

O Salmão entrou na minha vida já depois dos 30 anos. Como sempre tive acesso a peixe fresco, não sendo o salmão um peixe da costa portuguesa, nunca foi consumido em casa, onde o meu avô era pescador e trazia sempre o melhor peixe. Lembro-me na primeira vez que comprei e da minha expectativa quanto ao sabor. Fiquei admirada de saber mesmo a peixe, ups! Por norma uso sempre salmão fresco, nunca usei congelado. Se optar por usar congelado, deixe descongelar, antes de o temperar.

Bacalhau à Brás

Por Carla Rocha

Uma receita típica portuguesa, o Bacalhau à Brás é uma receita simples de fazer, ótima para os dias em que o tempo para cozinhar é escasso. A receita, como aqui a apresentamos é económica e rápida, pois o bacalhau que usámos é comprado seco, mas já desfiado, o que reduz também o tempo de o demolhar. Como sugestão, pode demolhar o bacalhau e congelar, assim quando precisar, já o tem pronto a utilizar.