Tag: #carne

Receitas onde o Carne entra na sua confeção

Perna de Perú na Slow Cooker

Por Carla Rocha

Quando preparei esta Perna de Peru na Slow Cooker, não estava à espera de um resultado tão delicioso. Usei uma perna de peru que comprei já com etiqueta rosa, ou seja, com preço reduzido, e fi-la na necessidade não deixar ultrapassar prazo de validade, pois não a congelei quando cheguei a casa com ela, ficando esquecida no frigorifico. Quando me lembrei dela, já era tarde e ainda vim cá abaixo colocá-lo na slow cooker para ser o nosso almoço de dia seguinte… e que bom almoço tivemos! Ficou mesmo apetitosa, uma carne tenra e suculenta e um molho delicioso. Não sei se já tem slow cooker, se não tem, não deixe de fazer esta receita, faça-a no forno, pois asseguro-lhe que vale bem a pena!

Pãezinhos de Pulled Pork

Por Carla Rocha

Estes Pãezinhos de Pulled Pork, são sem dúvida uma receita vencerdora, a repetir muitas vezes. Na hora, quentinhos, são de comer e chorar por mais, mas posso dizer que no dia seguinte, são também bem saborosos. Ficam molhadinhos e parecem frescos. Se lhe sobrar Pulled Pork, ou mesmo se tiver de fazer de propósito, vale bem a pena fazer estes pãezinhos de pulled pork, vai ver que todos vão adorar! Nos tempos da receita, não estou a contar com o tempo de levedação da massa, que é uma massa sem amassar que levou 5 horas a levedar. Nem tampouco com o tempo de cozer o Pulled Pork, que são as 8 horas. Apenas estou a contar com o tempo de rechear os pãezinhos e de os cozer no forno.

Carne de Porco com Amêijoas

Por Carla Rocha

Sem dúvida que esta Carne de Porco com Amêijoas é uma receita vencedora. Fácil de fazer e deliciosa, uma refeição rápida de pôr na mesa, que pode acompanhar com batatas fritas e uma salada! A receita, como a explico aqui, nem precisa de tempo de preparação, pois a carne é temperada na hora de ir para a frigideira. É uma ótima alternativa quando não tem nada programado.

Pá de Porco na Slow Cooker

Por Carla Rocha

Tudo o que vos posso dizer sobre esta Pá de Porco na Slow Cooker é pouco! Foi feita no dia de S. Martinho, pois gosto sempre de comer Carne de Porco com Castanhas. A carne ficou macia, suculenta, saborosa e quase dava para partir à colher. É fantástico como a comida feita na slow cooker fica sempre bem. Eu estou rendida! Desta vez fiz esta Pá de Porco na Slow Cooker na função ‘High’, ou seja, em quatro horas. O ideal, para quem como eu, está em teletrabalho. Preparei tudo de manhã cedo, tendo ligado a slow cooker às 8:30. Ás 12:30 tinha o meu almoço pronto a servir. Melhor não podia ser. Claro que a meio fui espreitar e ainda lhe juntei umas maçãs. Ficou tudo fenomenal. As castanhas assei-as no assador de barro em cima do fogão e juntei-as depois, já descascadas, ao tabuleiro de servir. Têm mesmo que experimentar!

Massa com Carne e Lentilhas

Por Carla Rocha

Poderia dizer que esta é uma das minhas comidas de conforto, uma bela Massa de Carne e Lentilhas, bem deliciosa! Embora leve algum tempo, pois a carne tem que cozer bem, cozo-a na pressão para ser mais rápido, vale bem a pena a espera. Gosto de a deixar bem ‘águadinha’, como molho suficiente para a comer à colher. Esta Massa de Carne e Lentilhas, enche-me as medidas todas!

Lombinhos de Porco com Bacon e Queijo Chévre

Por Carla Rocha

Esta é uma receita simples, que não requer que se façam muitos planos para a fazer, pois não é necessário temperar a carne com antecedência. Eu costumo temperá-la e enrolá-la no bacon, minutos antes de entrar no forno. Estes Lombinhos de Porco com Bacon e Queijo Chévre são ótimos para quem gosta destes paladares, contudo se gostar de sabores mais simples, retire-lhes o queijo, ou até o bacon, ficam saborosos, mas não tão gulosos!

Shoarma

Por Carla Rocha

Shoarma ou Shawarma, para quem não conhece, é um prato oriundo do médio oriente, que se caracteriza pelo forte sabor a especiarias, mais concretamente uma mistura de 10 especiarias. Basicamente é carne temperada com a mistura, que marina durante 24 horas, sendo depois cozinhada em espetos, dos quais se vão cortando pequenos pedaços para servir. Em casa, o processo é bem mais simples, pois tempera-se a carne já cortada em pedaços pequenos prontos a ser cozinhados. O tipo de carne que costumo fazer mais vezes, é a carne de porto, mas pode ser feito com carne de vaca, frango ou borrego que é a mais usada no médio oriente. O molho que o acompanha, é também ele característico, sendo usado tanto na carne, como molhar as batatas fritas que o acompanham. Para servir, tanto pode ser no prato, como numa pita, que é um pão achatado que serve para rechear com a carne. Deixamos aqui a receita completa para que possa fazer o seu shoarma em casa.

Cabrito Assado no Forno

Por Carla Rocha

O cabrito ou borrego assado no forno é uma comida típica da época da Páscoa, que anda na mesa dos portugueses durante todo o ano, uma ótima refeição de domingo. Ouço sempre alguém dizer que não gosta, isso talvez, porque nunca o comeram bem preparado, pois sendo uma carne com um sabor forte, há que o temperar bem, com algum tempo de antecedência. Aqui em casa, não falta no almoço de Páscoa, acompanhado por batatas assadas, arroz de forno e esparregado. É sempre uma refeição que dá algum trabalho a preparar, mas que nos sabe muito bem. Nos tempos apresentados nesta receita, não inclui os tempos de repouso para marinar, que devem ser no mínimo 12 horas.

Bolonhesa de Carne e Lentilhas

Por Carla Rocha

Aqui em casa todos gostamos de bolonhesa, embora esta seja uma bolonhesa diferente, mas igualmente saborosa. Posso dizer que até a minha filha, que é a mais critica, gostou e disse que não notou muita diferença. Usei lentilhas enlatadas, uma lata com 260 g escorridas. Comemos acompanhada de esparguete cozida, contudo e uma vez que sobrou ainda bastante bolonhesa, irei congelar uma parte e ainda iremos fazer outra refeição, mas com outro tipo de massa.

Empadas de Frango do Campo com Espinafres

Por Carla Rocha

Esta foi a primeira vez que fiz empadas. Decidi fazê-las para aproveitar o frango do campo que serviu para cozer e fazer canja. Aqui em casa, para além de mim, ninguém gosta da carne do frango na canja, pelo que acabo sempre com frango para usar em alguma receita. Desta vez, saíram estas empadas, cuja massa é do chef José Avillez e foi partilhada pela Clara de Sousa. O recheio fiz um pouco a olho e fico bem delicioso.