Tag: #limão

Receitas onde o Limão entra na sua confeção

Arroz de Peixe e Amêijoas

Por Carla Rocha

Este Arroz de Peixe e Amêijoas é daquelas receitas que me recordam tempos passados em família, dias passados em casa dos meus avós. O meu avô Zé era pescador, andava à pesca numa traineira, sendo que a posição dele era na ‘chata’. Trazia para casa o melhor peixe que o mar ‘lhe dava’. Fomos uns privilegiados nesse sentido. Muitas foram as receitas que se faziam, umas mais simples que outras, mas todas saborosas e aproveitando-se tudo o que delas se podia tirar, como é o caso de um simples peixe cozido. Sempre que havia Peixe Cozido, era feito Arroz do Caldo, que confesso, era a parte que sempre gostei mais… comer o arroz do caldo do peixe, bem regado com limão. Claro que para os netos, a minha avó Juliana tirava as ‘polpinhas’ do peixe e comíamos junto ao arroz. Mimos impagáveis! Este Arroz de Peixe e Amêijoas é uma receita com um upgrade ao que se fazia na altura. A receita em que me baseei, é da chefe Noélia do Restaurante Noélia e Jerónimo. Alterei pouca coisa, apenas o que me fez mais sentido. Pode-se dizer que é feita em duas partes: a primeira na feitura de um caldo rico que depois é usado na segunda parte da receita, onde se coze o arroz. Espero que goste da sugestão!

Lemon Curd

Por Carla Rocha

Esta é uma receita prática e simples de fazer Lemon Curd. O resultado final é um frasco pequeno de Curd, contudo, pode facilmente fazer mais quantidade, adaptando os ingredientes. O processo, serve também de base para outros curds, tais como o curd de maracujá. Eu pessoalmente, gosto de doces com limão e uso o Lemon Curd para vários fins, tais como, comer com panquecas, rechear bolos, comer em iogurtes. Depois de feito, o Curd deve ser guardado em frascos esterilizados e armazenados no frigorifico durante 1 mês. No nosso instagram, encontra um destaque com os vídeos do processo de como fizemos este Lemon Curd.

Doce de Figo e Vinho do Porto

Por Carla Rocha

Este Doce de Figo e Vinho do Porto, é um excelente acompanhamento para queijos e salgados, contudo é igualmente bom para comer simples em tostas ou iogurtes. Por os figos, por si só, serem uma fruta tendencialmente doce, reduzi a quantidade de açúcar em relação ao seu peso e, até porque o açúcar que usei, foi açúcar amarelo, também ele com um travo mais forte. Como vinho do Porto, usei um vinho também ele doce, um Croft Platinum Reserva, um dos meus preferidos e, que pela sua cor e travo, dá sempre um sabor marcante. Em relação ao tipo de figos, este Doce de Figo e Vinho do Porto, foi feito com dois tipos, um verde, os pingo mel e outro escuros, também eles da região do Douro, mas que confesso que não sei o nome. Os vídeos do processo estão no nosso instagram @cozinhaalacarte.

Biqueirões Albardados

Por Carla Rocha

Sabem aqueles pratos que sempre existiram em casa dos pais e que na altura não gostávamos, mas que quando fomos viver sozinhos e para longe deixámos de ter acesso, pelo que se tornaram alvo de desejo absurdo? pois bem, estes Biqueirões Albardados, estão na minha lista de pratos de desejo! É um prato típico de Olhão e a maior dificuldade está no arranjar do peixe e foi isto que aprendi desta vez. A minha mãe esteve a ensinar-me a tirar a espinha ao dito para que a partir de agora, os possa preparar em casa. Estes Biqueirões Albardados, são uns simples filetes, temperados com sal, limão, alho e pimenta branca que depois de estarem pelo menos 24 horas a marinar, são passados pela farinha e pelo ovo. Aqui em casa, não o fazemos, mas pode-se juntar ao ovo, cebola e salsa picada. Estes Biqueirões Albardados tanto servem como componente de um prato principal, acompanhado por um arroz malandro de tomate, como de entrada ou petisco. Aqui em casa gostamos de os comer frios, no pão!

Bolo de Limão com Sementes de Papoila

Por Carla Rocha

Este foi o bolo de domingo passado, um Bolo de Limão com Sementes de Papoila, bem cítrico. Não posso escrever que reuniu o consenso cá em casa, pois a Joana nem o provou e o Francisco provou a medo. Já eu, estou a regalar-me com o dito, ainda por cima neste tempo horrível de calor. A massa fica fofa e o glacé em cima ‘é a cereja no topo do bolo’, cítrico até mais não! Se não tiverem sementes de papoila, podem fazer sem, podem até, ao invés das sementes, usar, por exemplo, fruta como mirtilos ou framboesas (acho que o próximo vai ser com mirtilos, não tivesse eu uma tonelada de limões para gastar!). Façam, provem, não assumam logo que não gostam, é diferente sim, mas é delicioso! Aliás é um verdadeiro clássico americano.

Bolo de Queijo, Framboesas e Limão

Por Carla Rocha

Quase que podia dizer que este Bolo de Queijo, Framboesas e Limão, é um bolo cheesecake, pelos ingredientes principais. É um bolo diferente dos usuais, a sua massa antes de cozer, é uma massa pesada, que depois de cozida se transforma numa massa fofa. As framboesas e o limão, dão-lhe um toque ácido que lhe retira o sabor doce, pelo que não pensem que tem açúcar em excesso. Fi-lo no domingo e já foi todo, aliás, fi-lo em duas formas e um dos bolos foi para a Joana levar para um grupo de estudo. Pelo que contou, os colegas gostaram imenso. Experimente fazer, se não tiver framboesas, faça-o com mirtilos, por exemplo. Não o deixe é de fazer!

Arroz de Frango com Limão e Tomilho, no Forno

Por Carla Rocha

Não sei se já experimentaram, mas cozer o arroz no forno, deixa-o com um sabor diferente, na minha opinião, muito agradável. Este Arroz de Frango com Limão e Tomilho, no Forno, é um dos meus favoritos. O sabor do frango, mistura-se com o do limão, o que pode não agradar a todos, mas que me agrada a mim e muito. Sou daquelas que gosta de limão em tudo! Este arroz, começa-se a fazer no fogão, sendo depois terminado no forno, onde o arroz coze por completo. Há aqui uma mistura de sabores que conjugam muito bem, Frango, Limão, Alhos, Tomilhos e na hora de servir, Queijo Feta. Experimente e depois diga-me se gostou!

Pizza Fria de Salmão Fumado em base de Espelta

Por Carla Rocha

Pizza de Salmão?? sim é isso mesmo, uma pizza, com base fria, onde os toppings, são tudo aquilo que gosto de comer com salmão fumado: Queijo creme e abacate. Só ficou a faltar a rúcula, pois não tinha em casa. Para a base, fiz uma receita de massa com farinha de espelta, que ficou bem saborosa e pode ser usada para outros fins. Claro que, para que na hora de preparar as pizzas, estivesse fria, fi-la com antecedência para ter tempo de arrefecer. Experimentem, fica uma combinação apetitosa e fresca!

Ostras ao vapor

Por Carla Rocha

Esta é a minha forma preferida de comer ostras e a mais natural possível. Gosto de comê-las regadas com sumo de limão.

Tónica Cítrica com Gengibre e Hortelã

Por Carla Rocha

Os dias de calor puxam por bebidas frescas e esta Tónica Cítrica com Gengibre e Hortelã é a bebida ideal para ajudar a combater esse calor. Refrescante e com um travo a picante tornou-se na minha bebida de eleição para estas férias!