Fazer Sushi em Casa

15 de Maio, 2020 0 Por Carla Rocha
Fazer Sushi em Casa

Falemos de Sushi…

Comer sushi é sempre um tema que não agrada a muitas pessoas, senão à grande maioria. Quem gosta, gosta muito, quem não gosta, detesta.

Eu própria já estive no grupo dos que detestam, dos que até o cheiro os incomoda. Agora estou no outro lado da barreira. Estou no grupo dos que salivam só de pensar em sushi, chego a pensar se terá algo que provoque adição 😊!

Foi este meu gosto e desejo desmesurado, que me levou a meter as mãos ‘na massa’ e, que me levou a fazer sushi em casa. Não tenho qualquer formação no tema, sou apenas uma curiosa que gosta de aprender a fazer de tudo um pouco e que gosta de partilhar conhecimento!

Comecei a ver algumas partilhas no instagram, sempre com um aspeto delicioso, e comecei a ‘desorientar’, no bom sentido e, a pensar ‘caraças, tenho que fazer’ e, assim foi.

Falei com algumas pessoas que percebem bem mais do que eu, para que me pudessem aconselhar com alguns temas para os quais ainda tinha algumas dúvidas.

Uma dessas pessoas foi a Teresa do Healthy Bites. Foi a Teresa que me ensinou que não se usa o peixe fresco. Eu confesso que já tinha lido isso há muito tempo atrás, mas sempre quando via lombos de salmão à venda, frescos e com tão bom aspeto, ficava com vontade de experimentar. Obrigada à Teresa que me colocou juízo na cabeça!

O que sim se poderá ser feito, é comprar o peixe fresco e congelá-lo em casa, o que acaba por ser uma boa opção para ter peças de Sashimi ou para Niguiris, maiores, uma vez que os lombos congelados que tenho encontrado à venda, são estreitos.

Depois de ter decidido que ia fazer, foi altura de começar a pensar nos ingredientes que gosto no sushi. Como peixe a usar, gosto apenas de salmão, ainda não me aventurei noutros peixes e, gosto tanto do salmão, que por mim podia comer só Sashimi 😊.

Comecei a visualizar e a lembrar-me das peças que escolho quando vou comer fora. Dessa recordação saiu o pepino, o abacate, a manga, o queijo creme e por fim os amendoins fritos com mel. Certo, estes últimos a verdadeira bomba, mas já experimentaram? São as minhas peças preferidas, com salmão, queijo creme e amendoins!

A seguinte etapa, foi ver vídeos no youtube, de como enrolar os rolls. Aprendi imenso! Acerca de como enrolar, de como usar a alga, coisas básicas, mas que fazem toda a diferença na hora da prática.

Aprendi inclusive a diferenciar os tipos de sushi. Em casa fiz:
Uramaki, sushi com o arroz no lado de fora e alga e outros ingredientes no lado de dentro.
Hosomaki, sushi com alga no lado de fora, arroz e apenas um ingrediente no lado de dentro.
Kappamaki, sushi com alga no lado de fora, arroz e vários ingredientes no lado de dentro.
Sashimi, fatias de peixe cru.
Nigiri, fatias de peixe cru em cima de bolinhos de arroz (apenas fiz na primeira vez).

Creio que o que me falta aperfeiçoar, é o tamanho das peças. Ainda faço alguns rolls que dão origem a peças um pouco grandes, daquelas que quando as metemos na boca, nem conseguimos mastigar direito! Isto acontece mais com os Uramakis, que como têm o arroz por fora, na minha opinião, são mais dificeis de enrolar.

Também já decidi, que numa próxima vez vou tentar fazer o meu preferido, o Temaki. Já andei a ver vídeos, mas ainda não me atrevi.

Cortar as peças é uma etapa importante e tem técnica. O que me falta é uma faca de jeito. Uso a faca do presunto, que é a mais afiada aqui em casa.

Vamos então entrar na descrição de como fiz o meu sushi aqui em casa. Atenção aos pormenores, ainda só fiz duas vezes, ok? 😊 😊

Aconselho a visualizar o vídeo que está a seguir. Nele poderá ver todos os detalhes que aqui vou descrever.

Para o sushi, há alguns elementos que são necessários, que vou aqui descrever e mais à frente falo da sua usabilidade:
– Esteira para enrolar os rolls.
– Faca afiada para cortar.
– Tábua para trabalhar.
– Taça com água.
– Pano Húmido.

Quanto aos ingredientes, comece por fazer uma lista de todos os que vai necessitar, para que na hora não lhe falte nada. Há ingredientes que são essenciais e outros que até pode aproveitar o que tem em casa, caso goste de os colocar no sushi.

Como ingredientes essenciais destaco:
– Arroz de Sushi.
– Vinagre de Sushi.
– Alga Nori.
– Lombos de peixe congelados, eu compro de Salmão.
– Molho de soja.

Como ingredientes que pode usar para complementar o seu sushi, os que usei foram:
– Abacate.
– Manga.
– Pepino.
– Queijo Creme.
– Delícias do Mar.
– Amendoins fritos com mel.
– Sementes de sésamo.
– Molho Agridoce.

Tem ainda os ingredientes que, se gostar, pode usar:
– Gengibre.
– Wasabi.

Compras feitas, timing de refeição escolhido, é hora de começar a organização para fazer o sushi.

Método de preparação

Umas oito horas antes de fazer o sushi, deixe o peixe a descongelar, dentro da embalagem em que veio, no frigorífico. Assim manterá o sabor até a hora de o usar. Se o fizer ao almoço, deixe-o de véspera. Se o fizer para o jantar, retire-o para o frigorifico, de manhã cedo.

Arroz de Sushi

O primeiro passo para a confeção é fazer o arroz de sushi. Este deve ter tempo de arrefecer antes de ser usado para montar as peças.

O ideal, caso faça o sushi ao almoço, é fazer o arroz logo cedo de manhã. Caso o sushi seja para o jantar, pode fazê-lo a meio do dia.

Arroz de Sushi
Arroz de Sushi

Para fazer o meu arroz de sushi, segui a receita da Susana do site Em Busca do Cardamomo Perdido. A Susana tem uma receita para fazer o arroz na Bimby. Foi a primeira vez que fiz arroz na Bimby e até gostei bastante. Coloquei a receita aqui no site, se a quiser ver. Como sou sempre uma exagerada, dobrei as quantidades e acabei por ficar a saber que é o máximo da capacidade da minha Bimby (TM31), 400g arroz.

Caso queira fazer a receita num tacho, as proporções são 1:1, isto é, 1 chávena de arroz para 1 chávena de água. Coza o arroz na água temperada com um pouco de sal e depois de cozido escorra-o e coloque-o num tabuleiro onde possa arrefecer, junte a mistura de vinagre que pode ver na receita e tape-o com película aderente para que não seque. Se vir o vídeo, consegue ter noção dos passos que deve seguir.

Antes de Começar

Na hora de preparar o sushi, o ideal é preparar a bancada com todos os elementos que vai necessitar. Dispor, ordenadamente, secções por tipo de ação que vai efetuar e preparar alguns para serem usados.

A esteira deve ser forrada com película aderente, deste modo não se suja. No final é só retirar a película e guardar.

Deve colocar uma taça com água perto de si. Irá molhar as mãos sempre que pegar numa porção de arroz, caso contrário, o arroz colar-se-á às suas mãos.

É necessário humedecer um pano para usar durante o processo. Vai necessitar de limpar as mãos da goma do arroz e mais tarde e vai ter que limpar a faca entre cada corte. (ver vídeo)

Depois da bancada da ação montada, é hora de começar a cortar os ingredientes.

Preparar os ingredientes

Abra a embalagem do peixe e seque-o com papel de cozinha. Eu gosto de retirar a parte central mais escura. Decida que tipo de peças vai fazer. Caso queira algumas peças de Sashimi, estas devem ser as primeiras a cortar. De igual modo, se quiser fazer alguns Niguiris. Eu desta vez não fiz. O restante peixe, corte-o em tiras não muito grossas.

De seguida descrevo como preparei os ingredientes que usei.

O pepino deve ser descascado com um descascador de legumes, para não lhe retirar muita casca. Depois corte-o ao meio, sentido do comprimento e escave toda a parte central mais mole, que deve descartar.

O abacate, abra-o ao meio, fazendo um corte a toda a volta, sentido do comprimento, em torno do caroço. Rode cada parte no sentido oposto da outra e separe-as. Com a ajuda de uma faca, retire o caroço. Descasque ambas as partes e corte-as em tiras finas.

A manga, descasque e corte-a também em tiras finas.

Hora de montar o Sushi

Vamos começar a enrolar o sushi? No vídeo tem o processo todo documentado.

Na hora de começar a montar, já deve ter tudo pronto e ao seu alcance.

Comece por conhecer a alga. Esta tem duas superfícies, uma mais lisa e outra rugosa. O arroz deve ser colocado sobre a rugosa.

Quanto maior a alga, maior a superfície para enrolar e maior a peça que irá obter.

Para começar o ideal é cortar 1/3 do tamanho da alga. Coloque a algo sobre a tábua e faça um corte de lado a lado, deixando 2/3 de superfície abaixo e 1/3 acima. Pegue na alga e dobre-a na zona do corte para conseguir cortá-la mesmo. Descarte a parte mais estreira (1/3).

Coloque a alga já cortada sobre a esteira.

Depois de molhar as mãos na água, retire uma porção de arroz, com o tamanho um pouco menor que uma bola de ténis. Coloque essa bola no meio da alga. Se necessário molhe novamente as mãos antes de começar a espalhar o arroz sobre a alga.

Comece a espalhar o arroz, do centro para as extremidades, deixando um bordo com cerca de dois dedos na extremidade superior. Este bordo será utilizado para colar a alga e fechar a peça. Neste caso estamos a fazer um Kappamaki, alga por fora.

Com o arroz já bem nivelado, é hora de começar a colocar os ingredientes. Escolha os que vai usar, 3 deles. Deve-os colocar mais abaixo, deixando um bordo de arroz, que lhe permita enrolar sobre os ingredientes. A disposição dos ingredientes é também importante, uma vez que ingredientes moles, como o abacate ou a manga, devem ficar mais perto de si, para que ao enrolar, fiquem por cima. Cubra uma tira de arroz de um lado ao outro com tiras de ingredientes que escolheu.

Com a ajuda da esteira, comece a enrolar de baixo, levantando a esteira e a alga com o arroz. Com os dedos, trave os ingredientes para que não se mexam e passe o arroz sobre os mesmos, até tocar no arroz a seguir aos ingredientes (não é muito fácil descrever, no vídeo vê-se bem). Aqui tem que ter cuidado, pois a esteira não enrola, começa a ficar para a frente, apenas o arroz enrola.

Assim que o arroz tocar na superfície, pare e comece a apertar a esteira para ajudar a colar. Faça força ligeira com os polegares na parte superior para ajudar, arrastando-os do centro para as extremidades. Sempre com a ajuda da esteira, enrole mais um pouco. Para ajudar também a fechar bem, segura com uma mão na esteira por cima e empurre para si, enquanto com a outra mão, pega na extremidade superior da esteira e puxa para o lado oposto.

Por fim enrole o roll até ao final, usando sempre a mesma técnica. Certifique-se que fica bem fechado.

Para fazer um Uramaki, o processo de enrolar é muito semelhante, contudo e, uma vez que o arroz está no lado de fora, o início é distinto.

Neste caso, deve cortar na mesma a alga e espalhar o arroz por cima, agora, preenchendo toda a alga. Depois deverá virar a alga ao contrário, ficando esta por cima e o arroz por baixo. Não se assuste que é fácil, pois o arroz cola à alga.

O restante processo é em tudo semelhante. O roll que obtiver, deverá ser enrolado em película aderente para evitar que o arroz se cole na superfície onde for colocado. Só tira a pelicula, quando o for cortar.

No Urumaki, gosto de colocar algumas sementes de sésamo sobre o roll.

Para fazer Hosomaki, a alga deve ser cortada ao meio e o processo é em tudo igual ao do Kappamaki, sendo que se usa apenas um ingrediente, o que vai originar peças mais pequenas.

Embora no vídeo não apareçam, pois só os fiz na primeira vez, os Niguiris são os fácies de fazer. Basta retirar pequenas porções de arroz, sempre com as mãos bem molhadas e moldar os bolinhos, com uma forma mais alongada. De seguida coloca-se peças de peixe, ou camarão cozido, se gostar, por cima.

Vamos cortar as peças?

A fase do corte. Esta é a que vai marcar a diferença e onde se vê se as peças estão bem enroladas. A faca que usar deve ser bem afiada.

Comece por colocar um roll na tábua. Passe a faca pelo pano húmido. Corte o roll ao meio (2 peças). Limpe a faca no pano húmido. Encoste as duas partes do rol uma à outra e volte a cortar ao meio (4 peças). Volte a molhar a faca e a cortar as peças novamente ao meio. Desta forma, por cada roll, obterá 8 peças.

Sirva o Sushi

Depois das peças todas cortadas, tem o seu sushi pronto, é hora de começar a montar as tábuas para servir.

Coloque uma taça com gengibre e outra com wasabi, se gostar, na tábua e disponha as peças em volta.

O Sashimi, espalhe-o para ficar mais vistoso (dica da Nini do Mypaleoexperience 😊).

Eu, como gosto, em cima de algumas peças coloco molho agridoce.

Sirva um pouco de molho de soja em tacinhas para acompanhar o sushi.

Aqui no site, tem a receita com as quantidades para fazer o seu Sushi em Casa e também, para preparar o Arroz de Sushi.

Foi uma descrição bem longa, sendo que não sei se alguém terá paciência para a ler até ao final. Tentei dar dicas, que eu própria faço uso, sendo que como escrevi no início, não tenho qualquer formação no tema, sou apenas uma curiosa que gosta de meter a mão na massa e que gosta de partilhar conhecimento!

Qualquer dúvida que tenham, ou se acharem que posso ajudar em algo, deixem comentário em mandem mensagem, que eu responderei tão breve quanto me for possível.