Pudim Abade de Priscos

2 de Abril, 2021 0 Por Carla Rocha
Pudim Abade de Priscos

Uma receita do século XIX que ganha cada vez mais adeptos, este Pudim Abade de Priscos é sem dúvida um ex-libris da Doçaria Conventual Portuguesa. Um pudim que tem tanto de saboroso como de calórico, que não sendo para comer todas as semanas, é indispensável na mesa dos portugueses nas ocasiões mais especiais como a Páscoa ou o Natal. Não é uma receita fácil de fazer, uma vez que tem alguma técnica, contudo vou tentar desmistificar esta receita, tornando-a acessível a todos. No instagram deixei os vídeos de todo o processo, para que não perca cada detalhe! Agora só tem que decidir fazer e deliciar-se com este Pudim Abade de Priscos.

Rendimentos1 Dose
Tempo Preparação15 minsTempo de Confecção2 hrs 30 minsTempo Total2 hrs 45 mins
Caramelo
 200 g Açúcar
 100 g Água
Pudim Abade de Priscos
 30 Gemas de Ovo
 800 g Açúcar
 400 g Água
 60 g Toucinho gordo
 2 Paus de Canela
 1 Limão, apenas casca
 60 ml Vinho do Porto Tawny
Caramelo
1

Coloque o açúcar e a água num tacho. Leve a lume médio baixo até obter um caramelo suave, de cor clara.

2

Forre a forma de pudim com o caramelo. Reserve.

Pudim Abade de Priscos
3

Ligue o forno a 180ºC.

4

Num tacho largue coloque o açúcar, o toucinho fatiado, os paus de canela, a casca de limão e a água. Mexa para incorporar.

5

Leve a lume médio baixo até obter uma calda em ponto espadana (117ºC). Nos vídeos pode ver como fiz para verificar o ponto. Levou cerca de 35 minutos a atingir.

6

Basicamente mergulha-se uma porção pequena de calda em água, estando no ponto quando se conseguir formar uma bola mole com a ponta dos dedos.

7

É importante, depois de colocar ao lume, e até o açúcar se dissolver completamente, não mexer a calda.

8

Quando a calda estiver perto de estar pronta, peneire as gemas para uma taça grande e junte-lhes o vinho do Porto.

9

Se usar gemas pasteurizadas, não é necessário peneirar.

10

Retire tudo de dentro da calda, deixando-a limpa.

11

Pegue numa vara de arames e com cuidado, verta a calda em fio sobre as gemas, mexendo vigorosamente.

12

Prepare um tabuleiro de forno, colocando água a ferver dentro, por forma a cozer o pudim em banho-maria (3 dedos de água são suficientes). Reserve.

13

Coloque a mistura de gemas dentro da forma caramelizada, tape-a e coloque-a no tabuleiro.

14

Leve a cozer ao forno durante 1h40m. Antes de retirar, faça o teste do palito.

15

Deixe o pudim arrefecer completamente antes de o desenformar.

16

Aconselho fazer de véspera e colocá-lo no frigorífico até à hora de o desenformar.

17

Para o desenformar, verifique se o pudim está descolado da forma antes de o virar para o prato. Caso não esteja, com a ponta de uma faca, ajude a soltá-lo.

18

Pode ser necessário mergulhar a base do pudim em água quente para ajudar a soltar (assista aos vídeos).

19

Para melhor entender todo o processo assista aos vídeos no nosso instagram @cozinhaalacarte

Pudim Abade de Priscos

Ingredientes

Caramelo
 200 g Açúcar
 100 g Água
Pudim Abade de Priscos
 30 Gemas de Ovo
 800 g Açúcar
 400 g Água
 60 g Toucinho gordo
 2 Paus de Canela
 1 Limão, apenas casca
 60 ml Vinho do Porto Tawny

Procedimentos

Caramelo
1

Coloque o açúcar e a água num tacho. Leve a lume médio baixo até obter um caramelo suave, de cor clara.

2

Forre a forma de pudim com o caramelo. Reserve.

Pudim Abade de Priscos
3

Ligue o forno a 180ºC.

4

Num tacho largue coloque o açúcar, o toucinho fatiado, os paus de canela, a casca de limão e a água. Mexa para incorporar.

5

Leve a lume médio baixo até obter uma calda em ponto espadana (117ºC). Nos vídeos pode ver como fiz para verificar o ponto. Levou cerca de 35 minutos a atingir.

6

Basicamente mergulha-se uma porção pequena de calda em água, estando no ponto quando se conseguir formar uma bola mole com a ponta dos dedos.

7

É importante, depois de colocar ao lume, e até o açúcar se dissolver completamente, não mexer a calda.

8

Quando a calda estiver perto de estar pronta, peneire as gemas para uma taça grande e junte-lhes o vinho do Porto.

9

Se usar gemas pasteurizadas, não é necessário peneirar.

10

Retire tudo de dentro da calda, deixando-a limpa.

11

Pegue numa vara de arames e com cuidado, verta a calda em fio sobre as gemas, mexendo vigorosamente.

12

Prepare um tabuleiro de forno, colocando água a ferver dentro, por forma a cozer o pudim em banho-maria (3 dedos de água são suficientes). Reserve.

13

Coloque a mistura de gemas dentro da forma caramelizada, tape-a e coloque-a no tabuleiro.

14

Leve a cozer ao forno durante 1h40m. Antes de retirar, faça o teste do palito.

15

Deixe o pudim arrefecer completamente antes de o desenformar.

16

Aconselho fazer de véspera e colocá-lo no frigorífico até à hora de o desenformar.

17

Para o desenformar, verifique se o pudim está descolado da forma antes de o virar para o prato. Caso não esteja, com a ponta de uma faca, ajude a soltá-lo.

18

Pode ser necessário mergulhar a base do pudim em água quente para ajudar a soltar (assista aos vídeos).

19

Para melhor entender todo o processo assista aos vídeos no nosso instagram @cozinhaalacarte

Pudim Abade de Priscos

Pudim Abade de Priscos
Gostou do conteudo?
Ajude-nos a crescer partilhando!