Cozinha: Americana

Pãezinhos de Pulled Pork

Por Carla Rocha

Estes Pãezinhos de Pulled Pork, são sem dúvida uma receita vencerdora, a repetir muitas vezes. Na hora, quentinhos, são de comer e chorar por mais, mas posso dizer que no dia seguinte, são também bem saborosos. Ficam molhadinhos e parecem frescos. Se lhe sobrar Pulled Pork, ou mesmo se tiver de fazer de propósito, vale bem a pena fazer estes pãezinhos de pulled pork, vai ver que todos vão adorar! Nos tempos da receita, não estou a contar com o tempo de levedação da massa, que é uma massa sem amassar que levou 5 horas a levedar. Nem tampouco com o tempo de cozer o Pulled Pork, que são as 8 horas. Apenas estou a contar com o tempo de rechear os pãezinhos e de os cozer no forno.

Smoothie Bowl Frutos Vermelhos e Espinafres

Por Carla Rocha

Esta Smoothie Bowl de Frutos Vermelhos e Espinafres é uma ótima forma de começar o dia, bem saborosa e energética. O sabor predominante é mesmo o dos frutos vermelhos. A forma de a fazer é bem fácil e rápida, só tem de ter todos os ingredientes em casa. Usei banana e frutos vermelhos congelados, enquanto os espinafres eras frescos. Se não tiver bebida vegeltal, use leite ou mesmo água!

Tarte de Maçã à Moda Antiga

Por Carla Rocha

Quando penso em Tarte de Maçã 🥧, penso sempre na Vóvó Donalda e nas suas Tartes de Maçã a arrefecerem à janela. Esta Tarte de Maçã à Moda Antiga, é deliciosa e perfeita para comer com uma bola de gelado de Baunilha! Deixo-lhe duas notas: se usar Manteiga com sal, não use sal; não substitua a Manteiga por Margarina.

Molho de Queijo

Por Carla Rocha

Esta é daquelas receitas que guardo para os dias em que nos apetece algo mais pecaminoso, um delicioso Molho de Queijo para acompanhar batatas fritas ou nachos. Desta vez, comemos género Steal n Sheak, com batatas fritas e bacon crocante. A receita é fácil e muito rápida de fazer, pelo que tendo os ingredientes e casa, rapidamente consegue servir este molho de queijo.

Chips de Kale

Por Carla Rocha

A primeira vez que vi estas Chips de Kale foi num episódio das Kardashians, em que elas as comiam como snack, o que me deixou logo bastante curiosa. Não sendo muito fácil de encontrar Kale, fui deixando andar, até que descobri que na Makro costumam ter. Foi lá que passei a comprar. Nos últimos tempos já tenho visto no Jumbo e até no Aldi à venda. Os Chips de Kale são fáceis de fazer e posso dizer, que aqui em casa todos somos fãs. Têm uma textura bem crocante e o tempero é feito de acordo com o que gostamos. É daqueles snacks que podemos comer sem culpa! O único senão é que não aguentam muito tempo depois de feitas, uma vez que não devem ser fechadas pois tendem a ficar moles. O melhor é mesmo fazer e comer durante o dia!

Brookies

Por Carla Rocha

Quando vi este ‘casamento’ na Cuisine at Home, soube que não podia resistir e hoje foi dia de meter as mãos na massa.⁣ Já imaginou o prazer de comer um Brownie e uma Cookie Americana numa única bolacha? pois bem, estas Brookies dão a oportunidade de o fazer. Uma explosão de sabores e texturas a que vai ficar rendida. De um lado o sabor de um brownie de chocolate, no outro, uma bolacha com pepitas de chocolate. Experimente que não se vai arrepender de fazer esta Brookie! Na nossa página de instagram @cozinhaalacarte, encontra um destaque com os vídeos de como fizemos estas Brookies.

Bolo Red Velvet

Por Carla Rocha

O Bolo Red Velvet é um clássico da pastelaria americana. O mais usual de ver é Bolo Red Velvet recheado e coberto com Creme de Queijo, o que para o meu paladar fica um pouco doce demais. Gosto de bolos que tenham sabores não muito enjoativos, em que se usam frutas ou curds para cortar o doce e é assim que costumo fazer o meu Bolo Red Velvet. Neste que aqui mostro, usei apenas o bolo, sem recheio, pois a finalidade foi ter pequens quadrados que fizeram parte de uma Tábua de Doces, a tábua que montei no primeiro episódio do Bites à la Carte. Esta receita foi inspirada na Receita da La Dolce Rita!

Mini Cinnamon Rolls

Por Carla Rocha

Digam-me lá se estes Mini Cinnamon Rolls não são uns bolinhos fofos? Aliás, sempre se disse que tudo o que é pequenino, é fofinho! Estes são uns bolinhos de canela, com um sabor, não muito doce e parecido ao sabpr dos bolos de canela da Ikea. A receita é simples de fazer, sendo que o que poderá demorar mais tempo, é a montagem dos bolos. Sendo uma massa que leva fermento de padeiro, tem sempre tendência para crescer, contudo e como não queremos os nossos bolinhos muito grandes, o ideal, é sempre que se vai estender uma tira de massa para formar bolinhos, amassar um pouco para baixar o grau de levedação. Depois de moldados os bolinhos vão a cozer ao forno e pode acontecer, a forma de caracol abrir. Para evitar, deve cozê-los em etapas, isto é, sempre que acabar de estender e moldar uma porção de bolos, coza-os logo, pois no tempo em que estão à espera, os bolos levedam e crescem o que faz com que abram mais facilmente no forno. Dicas dadas, agora é por as mãos na massa e entrar no mundo dos ‘mini’, onde já por aí andam as Mini Panquecas!

Bolo de Limão com Sementes de Papoila

Por Carla Rocha

Este foi o bolo de domingo passado, um Bolo de Limão com Sementes de Papoila, bem cítrico. Não posso escrever que reuniu o consenso cá em casa, pois a Joana nem o provou e o Francisco provou a medo. Já eu, estou a regalar-me com o dito, ainda por cima neste tempo horrível de calor. A massa fica fofa e o glacé em cima ‘é a cereja no topo do bolo’, cítrico até mais não! Se não tiverem sementes de papoila, podem fazer sem, podem até, ao invés das sementes, usar, por exemplo, fruta como mirtilos ou framboesas (acho que o próximo vai ser com mirtilos, não tivesse eu uma tonelada de limões para gastar!). Façam, provem, não assumam logo que não gostam, é diferente sim, mas é delicioso! Aliás é um verdadeiro clássico americano.

Nice Cream de Manga e Abacaxi

Por Carla Rocha

Para este Nice Cream de Manga e Abacaxi, conforme próprio nome indica, deixei de fora a banana. Fi-lo porque a manga que tinha congelada estava muito madura, ou seja, muito doce e fiquei com algum receio, que se juntasse banana madura, o nice cream, ficasse doce de mais. Se ficava ou não, não sei, mas sei que gostei muito do sabor deste. O abacaxi deu-lhe um sabor fresco que cortou um pouco o doce da manga e hoje com o calor que está, foi o pequeno almoço ideal.