Tag: #costelinha

Receitas onde as Costelinhas entram na sua confeção

Costelinha Assada

Por Carla Rocha

Eu adoro churrasco, seja frango, costelinha ou salsichas, é das minhas formas preferidas de comer a carne. Dou sempre preferência a assar a carne no fogareiro com carvão, contudo nem sempre é possível, seja por motivos logísticos, seja pelo tempo não o permitir. Com o passar do tempo, tenho vindo a aprimorar a forma de preparar a carne no forno, da forma mais parecida possível com o churrasco e posso dizer que o resultado a que cheguei, pelo menos para a costelinhas, é bastante satisfatório. Ontem a Joana pediu para a partir de agora, fazer sempre assim, pois elegeu esta costelinha, como a preferida dela! A carne foi temperada de véspera, usei especiarias que gostamos todos, mas aí em casa, pode usar as especiarias a seu gosto!

Feijoada Brasileira (Rápida e Fácil)

Por Carla Rocha

Como quase todas as receitas que faço, esta é uma receita fácil e rápida. Não é uma verdadeira e típica feijoada brasileira, em que cozemos o feijão em casa e se usam carnes salgadas. Não, é uma feijoada ao alcance de todos, rápida de fazer e que cumpre a função de ser deliciosa para os amantes deste tipo de comida e especialmente de feijão preto, que só por acaso, é o feijão preferido, tanto do Francisco como da Joana. O feijão que usei foi enlatado e as carnes, rojões e costelinha (partida ao meio para ficar ainda mais pequena). Para acompanhar, aconselho arroz branco e claro se tiver, farofa.

Costelinha à Compadre Carlos

Por Carla Rocha

Sempre preferi carne com osso, asas em detrimento do peito de frango, entrecosto em vez de lombo. Então quando cheguei à Maia à 18 anos atrás, foi uma surpresa para mim, descobrir estes ossinhos tão saborosos, pois em Olhão e imediações não existia nada do género. Claro que sempre houve o corte do entrecosto, mas especificamente costelinhas, não! Fiquei imediatamente fã. Esta receita, foi feita pelo compadre Carlos e tem um sabor guloso, daqueles que nos fazem chupar os dedos 😊.

Costelinha em Vinho

Por Carla Rocha

Esta é uma receita de tacho, daquelas que faço ao domingo, ou quando recebo alguém em casa, não desilude. Com um sabor bastante apurado, pode-se dizer que é um género de chanfana. Pode acompanhar com arroz branco como na foto, mas umas batatas cozidas ou até puré de batata, combinam muito bem!