Tag: #especiarias

Folar de Olhão

Por Carla Rocha

O Folar de Olhão é o folar que me acompanha desde sempre! Cresci a ver a minha avó Juliana a fazer folares na Páscoa, pensando eu que era tão fácil, pois ela fazia tudo parecer tão fácil, amassava à mão folares para todos nós. Não querendo mentir, a minha avó fazia mais de 10 folares de cada vez, todos de tamanhos diferentes, cozidos em tachos de alumínio. Na hora de os cozer, lá íamos nós com os tachos na mala do carro, para os cozer nos fornos das fábricas do pão de Olhão. Uns anos íamos à Aliança, noutros aos ‘Mau-maus’. Dependia de quem ia ter os fornos ligados e disponibilidade para nos receber. Só depois de ‘crescida’ comecei a dar valor a tudo isto, ao que marca a minha história de vida. Coisas que eram tão tidas como minhas, que na altura não lhes dava a devida importância. Ontem fiz três folares. Amassei-os na batedeira, cozi-os no forno aqui de casa, tudo muito diferente, mas ajustado à realidade dos nossos dias e que espero que daqui a uns anos, a minha filha dê o devido valor. O Folar de Olhão, para quem não conhece, é um folar doce, feito em camadas, com uma mistura ainda mais doce pelo meio. Em 2019 eleito como uma das 7 Maravilhas Doces de Portugal. Existem diversas receitas, a que aqui hoje vos trago, é a receita como a minha avó o fazia. Quando à forma, continuo a fazer a forma tradicional, embora nos últimos anos, tenha visto que começaram a fazer o folar enrolado, são opções que respeito e até gosto, tanto que fiz um deles assim. Creio que na cozinha há sempre lugar para todos, sempre com respeito mútuo.

Paella

Por Carla Rocha

Um prato típico da vizinha Espanha, que eu andava há algum tempo com vontade de comer, a Paella… saiu esta no fim de semana. Uma Paella com Frango, Lulas e Camarão, uma refeição completa que fez as nossas delícias. Embora dê algum trabalho e tenha alguma técnica, não é nada difícil de fazer, basta seguir as indicações que lhe deixei e vai ver que vai ter uma deliciosa Paella à sua mesa. Embora nesta que aqui apresento não tenha colocado (esqueci comprar), costumo colocar pimento vermelho, que frito juntamente com o frango logo no inicio e reservo, para decorar no final, juntamente com os camarões. A minha frigideira de Paella é da Ikea e tem 38 cm.

Shoarma

Por Carla Rocha

Shoarma ou Shawarma, para quem não conhece, é um prato oriundo do médio oriente, que se caracteriza pelo forte sabor a especiarias, mais concretamente uma mistura de 10 especiarias. Basicamente é carne temperada com a mistura, que marina durante 24 horas, sendo depois cozinhada em espetos, dos quais se vão cortando pequenos pedaços para servir. Em casa, o processo é bem mais simples, pois tempera-se a carne já cortada em pedaços pequenos prontos a ser cozinhados. O tipo de carne que costumo fazer mais vezes, é a carne de porto, mas pode ser feito com carne de vaca, frango ou borrego que é a mais usada no médio oriente. O molho que o acompanha, é também ele característico, sendo usado tanto na carne, como molhar as batatas fritas que o acompanham. Para servir, tanto pode ser no prato, como numa pita, que é um pão achatado que serve para rechear com a carne. Deixamos aqui a receita completa para que possa fazer o seu shoarma em casa.