Cozinha: Algarvia

Arroz de Lingueirão e Caril

Por Carla Rocha

Existem várias formas de fazer Arroz de Lingueirão, sendo a mais usual, a semelhante ao arroz de marisco, com tomate. Esta que aqui está, é a que a minha mãe sempre fez e, também a minha preferida. Simples, com poucos ingredientes, mas muito gostosa. O sabor do Caril, confere-lhe um sabor especial. Para mim, pode ter sempre um pouquinho mais. No Almoço em que o comemos, fizemos também pastéis de bacalhau!

Arroz de Lulas

Por Carla Rocha

Aqui em casa somos arrozeiros confessos, então se for um arrozinho malandro, bem saboroso a puxar para o picante e com um toque de coentros, nem se fala! Este arroz de lulas é tudo isso e muito mais, é deveras delicioso! Vou confessar-me: eu gosto dele bem molhadinho, que dê para comer com a colher.

Ostras ao vapor

Por Carla Rocha

Esta é a minha forma preferida de comer ostras e a mais natural possível. Gosto de comê-las regadas com sumo de limão.

Ceviche de Ostras

Por Carla Rocha

Estando em Olhão, temos acesso a marisco fresco que vem diretamente da Ria Formosa para nossa casa. Ontem foi dia de ostras. Esta foi apenas uma das formas em que as preparei. Um delicioso ‘falso’ ceviche com um sabor citrico bem puxado! Falso porque as ostras foram abertas ao vapor, não ficando totalmente cruas.

Xarém com Amêijoas e Camarões

Por Carla Rocha

O Xarém é um prato típico de Olhão e por norma é comido sempre com bivalves da Ria Formosa. Os mais conhecidos são o Xarém de Conquilhas e o Xarém de Amêijoas. O que aqui apresentamos hoje, é feito segundo o método tradicional, sem adição de qualquer produto que lhe confira sabor (ex. caldos), apenas adicionámos uns camarões cozidos que tínhamos em casa. Quem quiser ver todo o método de preparação, pode fazê-lo no Instagram onde preparámos uma storie dedicado ao Xarém.

Almendrados

Por Carla Rocha

Os almendrados são uns deliciosos bolinhos tradicionais, onde a amêndoa é rainha. São, dos bolinhos tradicionais, os preferidos do meu pai. Sempre que íamos a algum lado que houvesse, comprávamos sempre. Claro que nem todos são iguais, uns mais secos que outros, nem sempre corria lá muito bem, pois gostamos deles molhadinhos, a puxar para o elástico, daqueles que se colam aos dentes :). A receita que aqui apresentamos é desses, daqueles que são viciantes, em que não basta comer apenas um. É uma receita da Joana Roque, fácil de fazer, sendo que acredito que nunca mais será necessário comprar. Eu já não os compro!

Massa de Camarão ao Alhinho

Por Carla Rocha

Esta massa começou por ser feita quando fazia Camarão ao Alhinho, para aproveitar camarões que sobravam quando os comprávamos para petiscar. Agora passou a ser um dos pratos de massa que mais gostamos, por isso o camarão já é comprado de propósito! O sabor é bem apurado e delicioso.

Camarão ao Alhinho

Por Carla Rocha

Existem muitas formas de fazer Camarão ao Alhinho, esta é apenas uma delas e a minha preferida. Faço-a muitas vezes para aproveitamento de camarão cozido que tenha, ou como foi desta vez, faço de propósito para depois fazer Massa de Camarão ao Alhinho. É uma excelente opção para comer como petisco/tapa, com um sabor bem puxadinho, onde o alho se destaca e o picante o acompanha. Seja qual for a forma, é sempre delicioso!

Salada simples de Tomate

Por Carla Rocha

Para mim a melhor salada para acompanhar peixe assado, é sempre a de tomate. Seja salada montanheira, guarnecida com mais ingredientes ou simplesmente um tomate de qualidade bem temperado, como esta que aqui apresentamos.

Salada de Batata com Alho e Orégãos

Por Carla Rocha

Em casa sempre acompanhámos o peixe assado com batata cozida com pele, mas eu, ao contrário da minha irmã, nunca fui grande adepta. Não me lembro quando comecei a fazer esta salada, mas sei que desde aí, nunca mais acompanhei o peixe assado, de outra forma!